Andrew Colman

Trompete e Fliscorne

Andrew cresceu em Bristol e começou a tocar trompete aos 11 anos. Adorava escutar jazz e começou a tocar ao som dos discos assim que conseguiu. Continuou a tocar durante os seus anos de escola e participou nos Bristol Jazz Workshops antes de se juntar à Midland Youth Jazz Orchestra em Birmingham em 1994.

Foi aí que recebeu o John Fordham Young Soloist Prize (o prémio para jovem artista a solo) na Big Band Competition.

Em 1995 mudou-se para Leeds e estudou no curso de BA (Hons) em Estudos de Jazz no Leeds College of Music (LCM).

Teve aí como seu professor Richard Iles e tocou num vasto leque de conjuntos incluindo a Duke Ellington Repertory Orchestra, a Tony Faulkner Jazz Orchestra, a Al Wood Big Band e o sexteto de tributo a Art Blakey entre outros.

Ele gostou imenso de trabalhar com muitos dos artistas de jazz visitantes incluindo Hal Galper, Randy Brecker, Conte Candoli e passou algum tempo na Holanda a tocar ao lado do tocador de flugelhorn Ack Van Rooyen.

Depois da conclusão do seu curso com honras em 1999, foi nomeado Young Jazz Musician of the Year (jovem músico de jazz do ano) depois de actuar na competição de prestígio e partiu para realizar uma estadia de uma semana no muito aclamado Ronnie Scott's Jazz Club em Londres.

O seu primeiro álbum, produzido pelo LCM, inclui os músicos galardoados Pete King, Tina May e Dave Newton e Andrew está actualmente a preparar a edição do seu segundo álbum para o final do ano.

Para além de ensinar e de actuar por todo o país, escreve uma coluna de jazz e está actualmente ocupado a escrever música com o seu irmão Mat (Colman Brothers) para vários projectos incluindo um álbum de material original e música para DJs, televisão e cinema.

O

 

6