Alexander Trostiansky Master classe de violon

Professor no Conservatório Tchaïkowsky de Moscovo

Nascido em Novosibirsk em 1972 numa família de amantes da música, Alexander Trostiansky frequentou a Escola Especial de Música do Conservatório de Novosibirsk sob a direcção de M. Liberman.

Entrou em 1990 para o Conservatório de Moscovo, onde obteve o seu primeiro curso universitário e fez estudos de doutoramento com a Professora I. Bochkova.
Trostiansky é vencedor de diversos concursos internacionais de prestígio.

Ganhou o Prémio Paganini em Génova em 1990; foi-lhe atribuído o Primeiro Prémio no concurso de 1996 do Centre d’Arts, em Orford, Canadá; e recebeu um Prémio no Concurso Internacional Tchaikovsky, em Moscovo, em 1998. Como Primeiro Violinista do Quarteto Davidov de 1991 a 1993, foi vencedor no Concurso Internacional de Roma e obteve um Prémio como membro de um Duo com Dina Vainshtein no Concurso Internacional Franz Schubert e Música do Séc XX, Graz (Áustria) todos os anos, de 1997 a 2000.

Durante a época de 2000-2001, formou um duo que obteve muito êxito com a harpista Anna Verkholantseva e, com o apoio da Fundação Victor Salvi, deram concertos em Londres (Covent Garden), Itália (Veneza) e EUA (São Francisco, Chicago e também em Nova Iorque, onde tocaram no Weil Recital Room de Carnegie Hall). Foi publicado um maravilhoso CD do programa do recital pela Egan Records em 2001.

Como solista, Trostiansky participou no Outono de Moscovo, Musik im Michel, Noites de Dezembro (cujo nome foi escolhido em honra de S. Richter), e outros festivais. Apareceu também em recital e como solista com orquestras na Bulgária, Canadá, República Checa, Alemanha, Reino Unido, Luxemburgo, Macedónia, Polónia, Eslovénia, Turquia, EUA, França e por toda a Rússia. Trostiansky apareceu com a Orquestra de Câmara de Solistas de Moscovo, conduzida por Y. Bashmet, na sua tournée aos EUA em 1996; esta digressão incluiu uma actuação no Carnegie Hall. Foi também o violinista no Trio Romântico da Sociedade Filarmónica de Moscovo, sob cujos auspícios o Trio deu concertos por toda a Europa e na Rússia.
Alexander Trostiansky foi nomeado assistente da Professora I. Bochkova no Conservatório de Moscovo em 1997, e tornou-se ele próprio Professor em 1999. Dá actualmente aulas de mestrado no Canadá, na Coreia, em França, na Rússia e no Reino Unido. Gravou com as etiquetas Melodia, Vista Vera, Chandos, Dowani e Egan.

"Com entoação impecável e um tom prateado, é um artista a observar.”
"The Strad", Inglaterra.

"Trostiansky é um violinista de primeiro plano:
pela sua técnica, musicalidade, inteligência e personalidade.”
"La Presse", Montreal, Canadá.

"Trostiansky tem dotes supremos, é um músico que conduz e é conduzido pelo seu instrumento.”
"Lawrence Journal - World", EUA.

“…..tocando não acompanhado durante a primeira parte, tive que admirar o seu porte e a sua confiança durante a Sonata em C de Bach.

Mas foi durante uma obra de Paganini, onde ele susteve a melodia numa corda enquanto tocava pizzicato nas outras, que realmente me impressionou.

Paganini pensou que apenas ele próprio seria capaz de tocar essa peça. Alexander provou que ele estava errado.

Crítica de Douglas Daniel  - Bristol Evening Post  Quinta-feira, 4 de Novembro de 2004

 

Reportório                                        gravações:

Para ouvir:   http://www.classicalarchives.com/artists/trostiansky.html

 

Mais informação sobre Alexander….

Página inicial do Violinista Alexander Trostiansky

 Website pessoal do mais jovem professor do conceituado Conservatório Tchaikovsky de Moscovo (Inglês e Russo)